Buscar
A- | A+

Principal > Informações > Notícias


Transporte de doações para o Rio de Janeiro precisa de Nota Fiscal
21/01/2011- Palavras-chave: Doações, Nota Fiscal, Rio de Janeiro
As empresas e entidades que estão organizando doações para as vítimas da chuva na região serrana do Rio de Janeiro devem ficar atentas à necessidade de Nota Fiscal (NF) para regularizar o transporte dos donativos. A doação é isenta da cobrança do ICMS, mas a NF é obrigatória e servirá para diferenciar os donativos de mercadorias roubadas ou que sejam fruto de sonegação de impostos.

Qualquer que seja o tipo de veículo usado para o transporte dos donativos, as doações devem ser acobertadas por Nota Fiscal avulsa. “Prefeituras ou doadores diversos devem sempre emitir a NF avulsa”, salienta a subgerente de Orientação Tributária da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Ângela Jardim.

Ela lembra que, se uma empresa se oferecer para levar doações de terceiros, também deve providenciar a NF avulsa. “Não é aconselhável que uma empresa como um supermercado, por exemplo, emita uma Nota Fiscal própria, pois terá que registrá-la e, como as doações normalmente são de produtos alimentícios, vai apresentar diferença no estoque”, explica.

As Notas Fiscais avulsas são impressas em gráficas conveniadas com a Sefaz e podem ser adquiridas em papelarias. A NF deve conter a expressão “ISENÇÃO - ART 5º. Inciso XIII - calamidade Região Serrana - RJ”.

Como remetente, pode constar “Diversos” e o destinatário deve ser uma entidade governamental ou assistencial de reconhecida utilidade pública, como Defesa Civil, Cruz Vermelha, prefeitura de um município atingido pela enchente, entre outras. “Neste caso, é admissível a descrição genérica dos produtos. Por exemplo, roupas, gêneros alimentícios diversos, calçados, e quantidade aproximada”, acrescenta Ângela Jardim.

A subgerente de Orientação Tributária salienta que a emissão da NF avulsa é importante porque, diante de uma abordagem pela Receita Estadual ou pelo policiamento das estradas, se não for possível comprovar a origem, o destino e a finalidade, a carga pode ser apreendida e receber investigação, até ficar provado que não se trata de roubo, receptação de mercadoria roubada, ou crime contra a economia popular. “Pode acarretar multa e até prisão”, alerta Ângela Jardim.


Fique por dentro

A Nota Fiscal avulsa deve conter a expressão: ISENÇÃO - ART 5º. Inciso XIII - calamidade Região Serrana - RJ

Remetente: Diversos

Destinatário: Defesa Civil, Prefeitura de (...), Cruz Vermelha, etc.

Descrição dos produtos: roupas, gêneros alimentícios diversos, calçados, e quantidade aproximada.

Mais Informações às Empresas

No site www.sefaz.es.gov.br pelo link de Orientação Tributária.


Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação Secretaria da Fazenda - (27) 3636-3877 / 3636-3874
Daniel Hirschmann - (27) 9866-7494

Maíra Piccin - (27) 9746-9479


Últimas Notícias
19/09/2014 - Municípios têm até a próxima terça (23) para pedir revisão do IPM
18/09/2014 - Seminário de Educação Tributária chega a Iúna
17/09/2014 - Indústria de panificação já pode comprar máquinas com redução de imposto
04/09/2014 - Nova ferramenta na Agência Virtual facilita comunicação com contribuintes
29/08/2014 - Operação Bomba Integrada detecta irregularidades em dez postos de combustível
27/08/2014 - Receita Estadual realiza operação
Veja mais notícias...


© Copyright 2003/2014 Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo
Av. Jerônimo Monteiro . 96 . Ed. Aureliano Hoffman . Centro . Vitória-ES . CEP: 29010-002 . CNPJ: 27.080.571/0001-30
Esta página demorou 0,547 segundos para carregar.